03 fevereiro 2011

só ouvindo...

não sei que fazer,
muito menos dizer.
só sei que assisto
a um momento que é...
bem,
apresento-vos joão villaret.

(poeminha de "retrato")

(apreciem, ouvindo-o "dizer", josé régio)

22 comentários:

Sentidamente disse...

Passei pelo meu blog "Sonoridades" e encontrei o teu comentário, tendo-me surgido a ideia de o actualizar com o "Cantico Negro" de José Régio. Mas resolvi vir primeiro aqui porque pensei que entretanto o podias ter publicado. E acertei! Parabéns pela escolha! Gosto de dizer este poema sem pretenções de brilhantismo. Só porque o considero um dos poemas mais fortes e emblemáticos da nossa literatura. Quanto ao Villaret, ninguém o disse ou diz como ele. Para além dos momentos de arte que nos deixa, foi ainda um divulgador incansável da poesia portuguesa.

Maria João disse...

Há poemas que se colam à pele como se dela passassem a fazer parte, fazendo-a arrepiar à declamação única de João Villaret.
" Cantigo Negro" é um deles!

Excelentes as escolhas deste palco!

Um abraço

BRANCAMAR disse...

Entrar aqui hoje foi uma belíssima surpresa!

Este foi um dos poemas que mais acompanhou a minha juventude, dos que mais me marcou, tantas vezes dito e decorado, tantas vezes sentido e ainda hoje tão vivido e apreciado e dito assim por João Villaret é de arrepiar.
José Régio fazia parte dos meus manuais escolares:

"Vila do Conde, espraiada
Entre pinhais, rio e mar!
- Lembra-me Vila do Conde,
Já me ponho a suspirar."

Morreu tinha eu uns 15 anos e já me entretinha a rabiscar uns versos.
Fiquei para sempre com a sua memória.

Gostei muito deste momento.
Beijos
Branca

Multiolhares disse...

Sem duvida que nos proporcionaste um momento de sublime introspecção
Bj

Canto da Boca disse...

Interessante, em menos de 24h, vejo/leio algo do Villaret... Confesso que a mim, ele me "fala" de um tempo inconstante e fugaz de maneira "ímparmente" poética...

Baila sem peso disse...

Pois apresentas e apresentas bem
algo que foi e é!!!
palco cheio aplaudido sempre de pé!

Obrigada pela recordação (o Cântico Negro de José Régio não tem melhor interpretação que esta de João Villaret)

Boa semana
beijinho

MEU DOCE AMOR disse...

É fantástico.Mesmo.Palavras para rflectir.Muito profundas.Pois sei que também não vou por aí.

Beijinho doce

Fa menor disse...

Não, não vou por aí, digo eu muitas vezes também!

Muito bom recordar.
Obrigada!

Bjos

Sonhadora disse...

Meu querido

Simplesmente sublime...o teu bom gosto e sensibilidade, patente nesta escolha...não há ninguém que não se arrepie de prazer ao ouvir este poema.

Deixo-te o meu beijinho carinhoso
Sonhadora

sonho disse...

Momento maravilhoso aqui passado...
Beijo d'anjo

Lídia Borges disse...

João Villaret dá maior amplitude às palavras já de si, grandes...

Um espaço muito cuidado.

L.B.

JPD disse...

Belo poema.

Quero agradecer a visita ao Guizo.

Um abraço

Helena Castelli disse...

As poesias sempre me emocionam. São escritos raros, feito com amor.

Grata por partilhar esse poema extraordinário.

Beijos de boa tarde.

Iana disse...

Ola muito boa tarde..

Que delicia de visita esta simples rosa recebeu...

Fiquei muito feliz. A porta do meu jardim florido esta de portas abertas para ti sempre..!

Adorei o video e suas palavras postadas. Deliciei-me no seu espaço!

Beijinhos da rosa amiga
Iana!

Pedrasnuas disse...

Gostei muito de ouvir João Villaret, tenho 2 cds de poesia declamada por ele...um deles é mesmo este...para mim é uma referência,uma grande referência...interpretou poesia com tanta alma, com tanta garra...com uma coragem...confesso que vou tentar...mas tentar somente aproximar-me e fazer uma experiência com um poema anteriormente declamado por ele...é um desafio que faço a mim mesma. Um teste...

Obrigada pela visita e voltarei cá oportunamente

MagyMay disse...

Excelente ouvir João Villaret mas não fico indiferente ao magnífico Cântico Negro (um grito, um hino...)

Sonhadora disse...

Meu querido

Passando para te deixar um beijinho de boa noite.

Sonhadora

A.S. disse...

Obrigado por nos proporcionares momentos tão deliciosos!

Abraço,
AL

Vivian disse...

...um grito de todos nós!

maravilha de post!

deixo-te tbm um belo ícone
do Brasil!

http://www.youtube.com/watch?v=6HiGpnKGTIY

bj

retrato disse...

Vivian,

rendo-me á beleza do "icone" que me
ofereces, sublime declamação. ouvi palavras, que não se esgotam de força, prazer, e sentir.
como se já não chegasse, vem o dom de ouvir a voz (soberbamente imitada) de Nat K. Cole.

Aconselho todos quantos me visitam, a darem uma olhadinha no endereço que a Vivian me ofereceu.
vão...vão até lá, ao dito endereço.


Obrigado Vivian.

Vivian disse...

...o nosso querido Chico
Anísio está há mais de dois
meses internado lutando
contra uma terrível doença
cardíaca.

mas, guerreiro como sempre
foi, é claro sairá dessa
e se Deus quiser voltará
a preencher de boa arte
todos os corações que
aprenderam o admirar.


beijinhus, moço!

Multiolhares disse...

espero pelas tuas palavras que sei que existem e são sublimes
bj