09 janeiro 2013


8 comentários:

maria teresa disse...

És um romântico e mostras esse teu lado em poesia, uma poesia revelando um amor com muito ternura e alguma inquietação.
Gostei bastante!
Abracinho meu!

Rita Freitas disse...

Bonitas palavras!

Bjs

Mona Lisa disse...

Ternura, amor, sensibilidade...a receita que qualquer mulher adora!

Belo, terno e intenso poema!

Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

a sensibilidade feita poema...

bom ano meu amigo!

beijo

;)

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Sérgio

Há momentos que valem por uma vida...há sonhos de que não queremos acordar...nem que seja para viver um grande amor...apenas por um dia.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

vieira calado disse...

Já aqui alguém disse que você é um romântico... Mas, no fundo, todos nós temos disso um pouco...

Forte abraço!

*** Também apreciei a música!

LUZ disse...

Olá, Bom dia!

Sérgio,

Dificilmente consegui ler o seu texto, devido ao tipo de letra escolhido, mas retirei dele a ideia principal e geral.
Irá sempre, caminhará sempre que o amor o chamar/quiser, nem que seja por um dia, mas foi VERDADE E ENTREGA nesse dia (há uma canção com este nome, não há)?

Dizia Freud, que o tipo de letra, quer o nosso, quer o que escolhemos, revela, SEMPRE, como está a nossa alma.
Aqui, parece-me...embrulhada e angustiada.
Se Freud se enganou, fico muito contente.

Bom fim de semana.
Abraço da Luz.

Pérola disse...

Palavras que enfeitiçam...como sempre.

Beijinho