19 maio 2011

será que me ouvias?

10 comentários:

Anónimo disse...

Muito belo...

A. Matos

mfc disse...

Ela ouve-te... era isso que ela queria ouvir!

BRANCAMAR disse...

Eu também acho. É sempre bom arriscar.

Fechei o Brancamar, mas continuo a visitar os amigos e aqui estou.

Beijinhos
Branca

Sonhadora disse...

Meu querido

Não sussurres...grita...não guardes os sonhos...torna-os realidade...não andes perdido...Vive.

Deixo o meu beijinho de madrugada
Sonhadora

Ingrid disse...

gritar sonhos e amores.. viver!
beijos..

Maria João disse...

São tantos os caminhos espinhosos da vida. São tantas as hesitações, as omissões, os desencontros... são tantos os sonhos que não sabemos, em que tempo voam e porque o fazem, apenas, dentro de nós.

A vida, meu amigo é essa dança "caliente" que nos aguarda, inteiros.

Um beijinho e.... escreves-me sempre aquilo pelo que te serei sempre grata.

Obrigada

Parapeito disse...

baixinho mas que a alma escute :)
gostei..
brisas doces

Paula Barros disse...

"não sabes, nem desconfias.."

Me fez pensar em quantos amores morrem com seus donos, por não serem expressos de uma forma que o outro possa sentir.

Porém, mesmo expresso não é garantia que o outro vá compreender e sentir a dimensão deste amor.

O que fazemos com o amor que nos habita?

Me fez refletir.

Multiolhares disse...

sonhamos acordados, sonhamos adormecidos, quantas vezes passamos pela vida só sonhando e quando acordamos percebemos que é melhor sonhar
bjs

Aninha Zocchio disse...

Esse poema... quantos beijos calamos no silêncio?? Quantos amores presos no coração somente por andarmos em direções opostas ao outro!!!
Lindo poeta.. todos os poemas aqui são verdadeiros deleites.. sutis mas profundos!!!