14 julho 2013

  delicio-me com o teu despertar.
sinto o teu corpo ainda quente,
e não é do Sol, porque ele está inexistente,
é a chama da nossa noite, ainda viva, ardente.
olhas-me, mas eu não.
mantenho-me de olhos fechados,
preferindo sentir todos os teus movimentos.
os teus lábios humedecem os meus,
a tua mão afaga o meu rosto.
sinto os teus cabelos, selvagens mas...
alinhados com o toque dos teus dedos.
transpiras em mim todo o teu sabor,
os teus seios beijam o meu peito,
os teus braços abrem os meus,
e tudo o mais que te completa...
escala o desassossego que despertas em mim.
olhas-me, mas eu não.
resisto, não sei como,
e mantenho-me de olhos fechados.
prefiro sentir o teu corpo, endiabrado,
desafiando o meu que, embora não te pareça...
está há muito acordado...!!
 (para alguém, muito especial) 

12 comentários:

Canto da Boca disse...

Uma bela maneira de ver e sentir quem se ama, de olhos fechados! E a poesia residindo e reacendo a noite anterior, o momento anterior. Linda, Sérgio!

Beijo!

;)))

LUZ disse...

NÃO TENHO PALAVRAS.

Voltarei, depois.

Mona Lisa disse...

Excelente!

De olhos fechados ,o amor flui!

Beijinhos.

Ingrid disse...

perfeito!
beijos..

LUZ disse...

Que dedos tão GRANDES!!!!!!!!!!!!

A imagem, apenas, nesse aspeto faz lembrar a história do Capuchinho Vermelho.

Ele tinha os olhos grandesssssssss para a ver bem, a boca grande para a devorar, e estes dedos serão para quê?

Estão aguçados, em riste. Ainda não encontrei a "solução do problema". Vou pensar. Voltarei.

Olá, Sérgio!

Tenha um dia cheio de coisas pequeninas, mas muito boas,

com luz.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Sérgio

No teu poema há lábios sequiosos de outros lábios...um corpo ansiando outro corpo...mãos derramando suspiros na nudez da noite...murmurando desejos numa volúpia dos sentidos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Pérola disse...

Um momento mágico!
De uma sensibilidade sem limites.

Simplesmente deixaste-me sem palavras.

Adorei...muito...tanto!

Beijinho

LUZ disse...

AND THE SHOW MUST GO ON!

Bom domingo, com muita alegria, luz e muita magia.

PS: preciso de olhar, algo mais soft, como Design, talvez vermelho, símbolo da paixão, não sei. Eu SÓ sei que tem um jeito especial em tudo o que executa. É como MIDAS.

QUERO AS SUAS MÃOS, AQUI! ACEITA?

Abraço,

de muita luz e estima.

LUZ disse...

JURO, JURO, JURO, TRÊS VEZES JURO, QUE VOU ROUBAR-LHE... NÃO SEI O QUE IA DIZER, A SEGUIR, SANTO DEUS!

Ai, este violino, esta música, esta voz! O "senhor" é responsável, por qualquer desacato, de ordem sensorial, que eu possa engendrar e levar a cabo, AQUI.

E VAI LEMBRAR-SE DISSO, DE MIM, TENHO A CERTEZA! E NUNCA MAIS ME QUER VER POR ... LONGE, ISSO, BEM LONGE DO SEU BLOGUE.

Diga que não. É capaz? Olhe-me nos olhos, e diga, diga, diga!

Já não ouço, já não ouço nada, porque as suas palavras foram abafadas pela.... harmonia dos sentires dos bicos das gaivotas.

Lacinhos,

de luz.

LUZ disse...

AH! ESTOU MAIS "CORADA" QUE O NOVO DESIGN DO SEU BLOGUE, QUE TÃO PERFEITA E ARTISTICAMENTE, ELABOROU.

PARABÉNS, MEU QUERIDO AMIGO!

O Sérgio não resistiu, aliás ninguém, do sexo masculino, conseguiu resistir, e muito menos Richard Gere, àquele cruzar de pernas de Sharon Stone.

Aqui, só se nota talento, muito bom gosto e muita PAIXÃO.

Vê, como com pouca material, se pode construir uma catedral? Foi o que fez, e tão de boa vontade!

ESTOU DESLUMBRADA E APAIXONADA PELO SEU ESTILO DE PENSAR E AGIR.

Então, e para quando novo texto? Fale, dialogue, suavemente, com a inspiração, porque ela já o entendeu muito bem.

Fico a aguardar, com alguma ansiedade e expetativa, novas palavras, sempre tão suas, tão intensas.

OS MEUS OLHOS AGRADECEM-LHE, PELO PRAZER E LUXÚRIA, QUE LHES DEU E CONTINUARÁ A DAR, SE DEUS QUISER.

Dias multicolores, cheios de dádivas e partilhas com afeto, alguma cumplicidade e muitos luares repletos de luzes.

Abraço, com estima.

Parapeito disse...

:)
Gostei, Gostei.
brisas doces**

tb disse...

quando queremos ver melhor fechamos os olhos.
uma viagem percorrida de olhos fechados abrindo os olhos dos sentidos.
Gostei.
Abraço.