06 dezembro 2012




11 comentários:

Rita Freitas disse...

Sem dúvida bela e colorida poesia :)

Bjs

Sarinha disse...



Boa noite Sérgio,

Quanta beleza na alma, no coração, na poesia!

PS: Ouvi a música por duas vezes e mais uma ouvirei. Um mantra com imagens belíssimas. Alegria, alegria, alegria!!! Obrigada.

Beijos com carinho :)

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Sérgio

Gosto de te sentir assim...solto e livre como um passarinho.
A tua poesia é doce e serena.
Quero agradecer as tuas belas palavras no meu desafio com a Luz, uma maneira de escrever que eu não domino bem.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Luciana Souza disse...

Oi Sergio
Seus textos são realmente maravilhosos, que bom que vc voltou a ativa. Fico feliz. Quanto vc vai me visitar? Saudades.
Bjos. Fique com Deus.
http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

LUZ disse...

Olá, Sérgio!

Bem, já não se lembra de mim, mas eu vou reavivar-lhe a memória. Eu fui mulher solidão e a Rosa, mulher paixão. Tudo, agora, em curto-circuito?

Estou a escrever e a ouvir o vídeo, o que, logicamente me desconcentra. O seu blogue não tem "Livro de Recalamacões?
Tem. Muito bem. Aliás, é de lei. O que não é de lei, é o Sérgio escrever da maneira como escreve. Desasossega-me, percebe? Apetece-lhe isto e aquilo e quero assim, desta forma, desta maneira e pronto.

Ímpeto, vontade, enfim, alegria, que lhe salta da alma, mas tenha a certeza que é bela e sensual e que é poesia.

Beijo da Luz.

LUZ disse...

Boa noite, Sérgio!

Obrigada pelos seus comentários, ou melhor, estados de alma, que deixou "entornar" nos meus blogues.
Agradeço, também, as visitas a "minha casa", hoje (mesmo há pouco). Infelizmente, não estava, mas vi, em cima do tapete da porta da rua, rosas vermelhas, com um cartão, que dizia SE...
Bem, o "S" deve ser a letra inicial do seu primeiro nome, mas o "E" não descortinei.
Há um poema, muito bonito, de Kipling (não sei se está bem escrito) chamado IF.
Na realidade, QUASE, todos os dias me tem visiado. Obrigada.

Quanto ao Livro de Reclamações, tenho dois: um feito de AFETOS e outro feito de LUARES. Qual prefere? A lei é para ser cumprida.
O que não estava bem, correto? Ah! A assiduidade, quando dela tanto precisou. Muito bem. Pegue, por favor, num dos livros e escreva, à sua vontade, exprimindo as suas vontades.
Terá o seguimento devido.

Há beijos com brilho? Pensei que só as estrelas, é que tinham LUZ própria.

Até já.

© Piedade Araújo Sol disse...

claro que sim!

poesia será o que o Poeta quiser.

muito obrigada!

um bom domingo!

beijos

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Sérgio

Hoje passando apenas para te agradecer a presença carinhosa no meu aniversário.Obrigada.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

LUZ disse...

Olá, Sérgio!

Como está?
Então, para quando nova "peça", ou seja, quando sobem ao palco, as suas palavras.
Não importa o que seja, importa que lhe brotem do olhar e da vontade, que é muita.
Provavelmente, ficará espantado consigo próprio, ou seja, com aquilo, que exprimiu.
Teremos "massa fina".

Fico a aguardar, sem timings.

Beijinho da Luz.

José Sousa disse...

Olá amigo Sergio!

Tanta saudade que sinto destes nossos espaços e dos comentadores. Estive passando por um mau bocado da minha vida e como tal não deu para me concentrar nos blogues.

É um prazer chegar aqui e encontrar mais um dos seus belos Postes.

Desejo-lhe um Feliz Natal e um própero Ano Novo. Um Abraço.

Passe no meu www.minhaalmaempoemas.blogspot.com

Joicy Sorcière disse...

Adorei o vídeo, Sérgio! Lindo, lindo!!! :)