09 abril 2011

há muito...

8 comentários:

mfc disse...

E quem é que o não deseja??!!

Sonhadora disse...

E...fizeste um poema que entra na alma e se faz melodia...leve como uma brisa ao amanhecer.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Maria João disse...

E sonhar, é sempre o melhor caminho para que, na realidade, algo aconteça.

Um abraço

TITA disse...

Belo poema revelador de algém que escreve como quem ama.Um abraço.

BRANCAMAR disse...

Belíssimo este poema, já o tinha lido, mas só hoje deixo aqui o meu desejo de que esses sonhos se transformem numa realidade, deslizando na "imensidão da alma"...

Beijinho
Branca

Parapeito disse...

:) O homem sonha a obra nasce.
Sonha Poeta sonha...mas não fiques só pelo sonho...faz que aconteça.
Gostei do teu cantar.
brisas doces ***

Pedrasnuas disse...

É melhor encontrar esse beijo há muito apetecido antes que morra em algum atalho perdido...


Um blogue interessante e diferente. Parabéns!

Paula Barros disse...

Escrever como quem canta...e podemos ler o que escreveu entoando uma melodia.

Também tenho essas vontades, do sabor de um beijo que não dei e de escrever como se cantasse.

E assim vamos escrevendo.